fbpx

Nos últimos anos vivemos uma das maiores pandemia globais, chamada de covid-19. Neste período o mundo passou por uma mudança drástica econômica, diversas empresas e microempreendedores precisaram se adaptar com o novo cenário mundial e as novas deficiências de seus clientes. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE), no ano de 2018 o número de pessoas que trabalhavam em casa era, de 5,2% dentre todos os trabalhadores registrados do Brasil. Conforme o avanço da doença em todo o Brasil esse número cresceu em até 11%, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

As empresas precisaram tirar seus colaboradores de dentro dos escritórios, ruas, ônibus e/ou privá-los de qualquer aglomeração existente, para que trabalhassem em casa ou como ficou popularmente conhecido: “home office”.

Com isso, o cenário mundial se encontrava em: aumento da doença, consequentemente aumento de pessoas trabalhando em casa. Assim, a procura por eletrônicos como celulares, notebooks, computadores e impressoras aumentaram até de 32,3% (segundo dados da matéria feita pelo “Bom dia Diário” filiada da Rede Globo em Mogi das Cruzes e Suzano), com a economia enfrentando um de seus piores cenários, estes mesmos aparelhos sofreram reajustes altíssimos comparados a poucos meses antes do aumento da pandemia. 

Subtema: A solução

 Com esta grande crise geral que enfrentávamos, reaparece uma solução que nasceu em meados dos aos 90 nos Estados Unidos, a locação de equipamentos T.I. Com estes colaboradores em casa, muitos deles não tinham os equipamentos necessários para as funções que cumpriam na empresa ou mesmo nem tinham essas máquinas em casa por não fazer parte de seu dia a dia. A solução mais econômica e sem futuras dores de cabeça, seria a locação destes equipamentos.

Empresas como a Perfect Color ressurgem, e consequentemente são mais procuradas por outras empresas com o intuito de resolver não apenas este problema, da necessidade do colaborador em ter um equipamento que atenda o aumento da demanda, mas poder contar com um time de técnicos disponíveis. E, também com a economia financeira que a locação desses equipamentos trás para essas empresas. Se compararmos hoje, um notebook médio a nível usuário, a parcela feita em 12x é de no mínimo R$350,00 reais mensais. Já na locação, deste mesmo notebook a mensalidade sai em média de R$200,00 reais, com assistência técnica de prontidão pelo WhatsApp e/ou presencial quando necessário.